Segunda, Dezembro 18, 2017

Capa Joanesburgo

 

Visitar Joanesburgo é o mesmo que conhecer diversos países em um só lugar. A segunda maior cidade da África do Sul, casa de mais de 3 milhões de habitantes, guarda nos diferentes distritos culturas próprias. Semelhante a São Paulo, a região surpreende com opções culturais e calor humano dos moradores.

Joburg, carinhosa nomenclatura lá utilizada, deu um salto de desenvolvimento após ter recebido a Copa do Mundo, no ano de 2010. Terra das vuvuzelas (cornetas utilizadas pelos torcedores durantes os jogos de futebol), ficou mundialmente conhecida devido seu passado racista. Desta forma, o Museu do Apartheid apresenta a história da ascensão até a queda do movimento separatista, além de lembrar passagens de Nelson Mandela, importante líder local. Atualmente, pessoas de todas as raças convivem de forma pacífica. Parque de diversões, cassino, bares e zoológico compõe a lista de atrações imperdíveis.

Assim como o lado cultural, a gastronomia sul africana propõe experiências inesquecíveis. A comida local picante obriga o turista sempre questionar aos garçons se o prato leva ou não pimenta. A viagem no mundo dos sabores também precisa incluir o pap, purê feito à base de farinha de milho, e o umnqgusho, mistura de flocos de milho seco e feijão mulato.

Centro econômico da África do Sul, lojas e shopping estão espalhados por todos os lados. Muitos produtos vendidos levam pele de crocodilo, búfalo e avestruz. Itens de ouro são facilmente encontrados nas ruas. Reserve espaço para os artesanatos encontrados nos mercados dos bairros mais afastados.